Quarta-feira, 1 de Agosto de 2007

Quando o ânimo de viver...

... me começa a escorregar por entre os dedos tal qual areia fina, eu tento lembrar-me de coisas que me fizeram feliz, que me preencheram a alma, que me fizeram sentir mais perto de de algo que se encontra muito acima de tudo o que pertence a este mundo terreno. Há coisas tão perfeitas que só podem fazer parte de um outro mundo... o mundo espiritual. Então, nessas alturas, gatafunho no caderno as palavras que definem essas coisas, momentos, sensações, pessoas... e repito os nomes delas várias vezes na tentativa de me sentir mais perto desse mundo: aquelas flores que comprei sozinha só por paixão; o som do vento a bater nas àrvores como se falasse, naquele jardim da Curia; a chuva que chorava quando batia na janela e eu chorava com ela como que num alívio da alma; o mar da Praia das Maçãs naquela tarde de Inverno; o mar calmo e transparente da praia do Magoito numa manhã de Verão; as viagens de comboio sozinha ao Norte a olhar o verde; as conversas das pessoas num final de tarde no CCB; a constatação da grandeza do quadro de Velázquez no Museu do Prado; as montanhas cobertas de branco na Suiça; aquela(s) mão(s) na minha mão; aquelas lágrimas que limpei; a fusão dos corpos; a pureza e a musicalidade da àgua do Gerês naqueles dias de férias;  as músicas que ouvi quando chorei e amei; o andar de baloiço com aquela menina em Alcobaça; os girassóis que fotografei no Alentejo; os sorrisos que guardei de quem ainda cá está e de quem partiu; aquele beijo à chuva em Viseu; aquela conversa de amigas na serra de Sintra; aquela dança ao som do bater do teu coração; todas as partidas emocionadas, todas as chegadas com abraços; aquele desconhecido em Porto Covo...

Durante 28 anos tive alguns momentos que não quero esquecer porque fui feliz ali, naquele lugar, com aquela(s) pessoa(s)... e nesses momentos, eu tive a certeza da grandeza de estar viva. Quero, preciso de me lembrar disso sempre que o ânimo de viver começar a escorregar-me por entre os dedos tal qual areia fina!!!

publicado por penso_logo_existo às 15:54
link | comentar | favorito
4 comentários:
De barafundida a 2 de Agosto de 2007 às 11:17
Como tu mesma descreves, tens muitos e preciosos momentos a que te agarrar... agora imagina o que o futuro ainda te trará de maravilhoso...
Um beijo grande e ânimo... tens a vida pela frente!!!
De penso_logo_existo a 2 de Agosto de 2007 às 13:13
Barafundida,
Obrigado pelo comentário e pela força:)
De Pinguim Alegre a 2 de Agosto de 2007 às 11:17
Acho que se vires bem... A tua vida não teve só esses momentos de felicidade, acredito que deve ter tido mais...
Já pensaste que se a tua vida é como areia fina que te escorrega por entre as mãos é porque a queres fechar... Porém se mantiveres as mãos abertas areia permanece...

Bjs
De penso_logo_existo a 2 de Agosto de 2007 às 13:19
Caro Pinguim,
Vou tentar seguir o conselho: mãos e coração aberto...

Comentar post

eu

encontrar neste blog

 

Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pensamentos recentes

Há quem diga...

Prioridades

Infelizmente...

Queria eu...

Tentei...

E só eu sei....

A sério para mim...

E agora?

Porque será...

Estou cansada!

pensamentos arquivados

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

links

blogs SAPO

subscrever feeds